São Capturas todos os olhares …

PodEntrar “Não somos senhores de nossa própria casa”

 
“Não somos senhores de nossa própria casa” (S. Freud in “O Ego e o Id”)

Um verdadeiro passeio por um trabalho arqueológico dentro da sua mente…
Uma pesquisa orientada por pistas que surgem como imagens caóticas, sem sentido, acreditando em informações que lhe são fornecidas não pelo mundo externo, mas sim provenientes de seu mundo interno, pequenas pistas em dados de realidade, como uma foto que a intriga de maneira intensa, sem que possa compreender o porque disto. Desligar-se do atual para que possa conhecer-se e assim permitir que algum futuro caminho aconteça. Essa tarefa de investir nesse passado torna-se bastante difícil pela força do seu agora que remeterá ao seu agora, e que de igual maneira que há em sua busca pessoal, ela os inscreve em suas subjetividades…

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s