São Capturas todos os olhares …

PodEntrar: SERIE NUDEZ & VERGONHA

 

 

jung nadia


Que vergonha, estou nu!
Nudez não é coisa simples, ela aparece logo nas primeiras páginas da Biblia e de outros textos fundadores da civilização, afirma Marcelo Bortoloti em sua reportagem para a revista Veja em dezembro de 2008.

A verdade é que se Ulisses, personagem de Homero, naufragasse hoje e aparecesse nu diante de sua princesa Nausícaa assim como foi relatado na Odisséia, ainda sentiria uma vergonha e um desconforto enorme. O fato de ter passado mais de 2500 anos não mudaria a sensação de desconforto do herói e, pelo contrário, sentiria uma culpa religiosa que não existia naqueles tempos. O resultado de morder o fruto proibido é o sentimento da vergonha, fraqueza e derrota diante de si mesmos e de Deus. Percebemos como é imoral estar nu. Todos nós já sentimos vergonha por alguma coisa. E isso parece ser normal. Quantas vezes não nos sentimos “nus” diante dos olhos dos outros? Este sentimento de vergonha e pudor, é o que Dietrich Bonhoeffer identifica como a indestrutível lembrança do ser humano da sua separação da origem, é a dor decorrente desta separação e o desejo impotente de desfazê-la.

Perdemos nossa essência original…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s