São Capturas todos os olhares …

Fachadas

Fachadas! Série.

Colonia del Sacramento.
Colonia del Sacramento.

Anúncios

Fachadas – Recortes – Nadia Jung

Avenida BRIGADEIRO LUIS ANTONIO - FACHADAS -  Nadia Jung -

Fachadas na Avenida Brigadeiro luis Antonio, Paulicéia.
Brasil.


Série Fachadas da Paulicéia – Nadia Jung

Nadia Jung Photografer

Fachadas antigas mas muito abandonadas da Av. Brigadeiro Luis Antonio, Paulicéia.


“Brasil“ Um pouco sem COR.

Centro de São Paulo/SP – Brasil.

“Tenho refletido muito sobre os lugares que passei e vivi …
Quando com 7 anos, colecionava da QUATRO RODAS, revista que papai assinava, os mapas que ela trazia e os colava atrás da porta do meu quarto, eu já sonhava que quando crescesse ia buscar através das viagens o melhor lugar para viver.Tenho isso herdado da minha avó paterna. Quando meu pai, viajava em manobra aerea mandava postais dos cantos que passava que eu já colecionava … Isso realmente aguçava ainda mais a a busca da resposta para minha pergunta!
O hábito de escrever todas as estórias e sensações esteve presente como forma de registro!

Há lugares que morei, que voltaria mil vezes e outros não, mas hoje eu sei e aprendi uma informação que esta inclusive bem clara através de Mussak!
Mussak, disse algo muito claro e que responde sobre ‘’o terroir de cada um’’, ou seja de onde realmente somos, e nos é o que elegemos o melhor lugar.

Disse: ’’ Se tu mudas de cidade em busca de uma OPORTUNIDADE DE CARREIRA esta falando da oportunidade de colaborar com esse local e de ser protegido por ele como contrapartida. Esta se referindo a chance de ali encontrar um emprego, prestar um serviço, abrir um negócio. Ou seja exercer seu talento. O melhor lugar do mundo é onde você pode usar esse talento, seguir sua vocação, ter seu esforço reconhecido, seu valor apreciado.’’

Enfim, eu não posso me queixar sem dúvidas sobre essa relação, porque por onde tenho passado, tenho vivido intensamente a identidade da cidade como se fosse a raiz de uma árvore.
Bem, em francês, terra é terre, solo é sol e terreno é territoire. Mas como segue dizendo Mussak, se estiveres com disposição para ouvir uma explicação que mistura linguística, história, geografia, ciência e filosofia, pergunte a um francês, de preferência a um amante de vinhos, sobre Terroir*.“

Nádia Jung.