São Capturas todos os olhares …

Frases

Imagem

PodEntrar Some women…

jung nadia


Imagem

PodEntrar Bravery

jung nadia


PodEntrar Memória

jung nadia

… A memória não é uma amiga estável. Demasiadas vezes ela se encontra, distorce, ou freqüentemente se esquece muitas coisas importantes e triviais. Memória rouba partes de sua vida que deve ter pertencido a você para sempre. É como confiar a única cópia completa de sua história a uma desmiolada pessoa, por vezes irascível, errática, que nem sempre faz bem o seu trabalho e que não pode ser incomodada a manter os registros em linha reta.#Jung#memoria


PodEntrar Eu gosto

“I LIKE PEOPLE WITH DEPTH, I LIKE PEOPLE WITH EMOTION, I LIKE PEOPLE
WITH A STRONG MIND, AN INTERESTING MIND, A TWISTED MIND, AND ALSO PEOPLE THAT CAN MAKE ME SMILE.” ABBEY LEE KERSHAW


PodEntrar Co-herdeiro de eus

 

 

Porque há o direito ao grito. Então eu grito.
(Clarice Lispector)
 


PodEntrar! Lugares…

jung nadia

 

 

“A ignorância é um terno mal ajustadas que custa muito caro e sempre coça em lugares embaraçosos.” 
© Todas as fotos incluídas neste site, estão sob a Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Uso da imagem somente com autorização do autora Nádia Jung

OBRIGADA,

Nádia.


PodEntrar Eu escrevo.

Eu escrevo todos os meus livros à mão. Há algo cerimonioso e correto em colocar as coisas em uma carta de cada vez, é sua mão fazendo todo esse trabalho lento em vez de dedos sapateado através de um teclado. Para mim, algo se perde em tudo o que é a velocidade. Na tela do computador, o trabalho parece terminado, mesmo quando você sabe que não é. 


PodEntrar! …which is hungry for more light.

nadia jung

“Nothing is moving and all is darkness. He is tempted to open his eyes, but the dense black is so soothing in its all penetrating presence. A roar of lion is vibrating throughout all that he is jaguar.“


PodEntrar Se.

JUNG

Ninguém vê, ninguém pega, se ficar o bicho come, se comer o amor eleva, então vamos amar né? Não dói e nem precisa estar elegante, só precisa, estar bacana, coração inteiro e a alma nem tanto profana.#alana#pensa


PodEntrar `Trufa. France`

 

 

 

– Wine. France is known for it’s wine, particularly the South of France. It goes without saying that we thoroughly took advantage of the abundance of really good wine at ridiculously cheap prices.

On one particular night we arrived at a winery (at which would stay the night), and were greeted by an enthusiastic proprietor who, after a conversation consisting predominantly of sign-language and mutilated French, gifted us with one of her own bottles of wine.

In the morning we were taken on a tour of the wine distillery by a young man who who would soon assume ownership of the winery. He showed us the entire wine making process, offered samples of the wineries finest (it was only 10am but what the hell), let us rev his Ducati and sent us on our way with a few more bottles of red. Waking up in a winery in the South of France was neat.

– French villages. I’m completely and utterly enamoured with French villages. There’s nothing better than waking up, grabbing and expresso, and a pain aux raisin (my preference) before venturing into unknown alleyways, camera in hand. The pant boxes, the wooden shutters, the ancient architecture, the beautiful pastel colours, the silence, the cats, the cobblestone, the simplicity and the people, the beautiful people who so often are incorrectly labeled as rude and unaccommodating toward foreigners. In our experience, French people are extraordinarily friendly.

– The diverse landscape. Having covered a few miles in France, I’ve realised, contrary to my preconceived ideas, France is not all vineyards, green pastures and tiny villages. In fact, if you spend sometime travelling France you’ll discover quickly that France offers the aforementioned landscape, as well as beautiful pine ladened alps, gorgeous beaches, trendy cities, and in some areas I swear…

We have thoroughly enjoyed our time(s) in France and would love to share more about our adventures, but I think I’ll leave it at that.

I’ve left myself quite a task trying to give an account for both trips and I’m afraid the magnificence could not be contained in one post, or even several. That said, I’d like to leave you with a list of my favourite and or most memorable experiences/things pertaining to France.
https://nadiajungcapturas.wordpress.com/2013/11/08/podentrar-wine-france/


Série Opinião! Carpi Nejar!

AHAHHAHAA…
Pelo movimento das sombrancelhas da mulher, eu sei como ela transa!
Frases…
Frase de Carpi Nejar, Fabricio.

Tenho que rir…Mas ele diz coisas sensuais em que eu me dedico a absorver.

Mas tambem diz uma coisa que ha pouco descobri…
“Um autor … conhece-lo estraga* tudo que se gosta da vida secreta de leitor…ao conhecer (sobretudo o caráter) do autor“

Esta certissimo Carpi Nejar.

autus nadia jung

O vídeo da entrevista…


Frase à paisana!

Do vão do MASP.
A palavra. O protexto. O tema.

Quero citar Carpi Nejar.

“A crônica é um jeito que o brasileiro descobriu para fazer poesia à paisana, contos à paisana, romances à paisana. É um golpe civil. Crônica tem uma superficialidade enganosa: por ser curta e de temas prosaicos, parece que é inofensiva. Sua profundidade reside no tom baixo de amizade. Sua agressividade é a ternura. Escrever crônicas é fazer amizades, contar segredos e confidências, é ajudar verdadeiramente as pessoas a não se conformarem.“

Sobre o autor: O jornalista e poeta Fabrício Carpi Nejar, ou Fabricio Carpinejar, nasceu em Caxias do Sul no dia 23 de Outubro de 1972. É mestre em Literatura brasileira pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
A junção do seu sobrenome veio em seu primeiro livro poético, As solas do sol, de 1998. Ganhou o reconhecimento do público com Caixa de sapatos, livro publicado em 2003.

…“é ajudar verdadeiramente as pessoas a não se conformarem.“


Imagem

SMS!

_DSC0220nadiajung photografer