São Capturas todos os olhares …

Histórias contadas

PodEntrar `c’est vous, et moi….`

jung nadia

“Car je crois en l’intrication quantique… Des photons indissociables…Toute modification de l’état de l’un entraînerait instantanément le changement de l’autre, même s’ils sont séparés par une distance de plusieurs millions d’années-lumière, et même si l’un n’existe plus.

Quelle soit amoureuse, amicale, indéfinissable, innommable, cette intrication, c’est vous, et moi….

Finalement, mes études de scientifiques m’auront quand même menée à cela…“

Anúncios

PodEntrar “Não somos senhores de nossa própria casa”

 
“Não somos senhores de nossa própria casa” (S. Freud in “O Ego e o Id”)

Um verdadeiro passeio por um trabalho arqueológico dentro da sua mente…
Uma pesquisa orientada por pistas que surgem como imagens caóticas, sem sentido, acreditando em informações que lhe são fornecidas não pelo mundo externo, mas sim provenientes de seu mundo interno, pequenas pistas em dados de realidade, como uma foto que a intriga de maneira intensa, sem que possa compreender o porque disto. Desligar-se do atual para que possa conhecer-se e assim permitir que algum futuro caminho aconteça. Essa tarefa de investir nesse passado torna-se bastante difícil pela força do seu agora que remeterá ao seu agora, e que de igual maneira que há em sua busca pessoal, ela os inscreve em suas subjetividades…

 


PodEntrar Solistência

Acredito ser um neologismo (palavra ou expressão nova) criado pelo autor, onde faz-se uma fusão entre as palavras solidão + existência = solistência, Embora ele esteja só não se sente solitário, ele existe, vive consigo mesmo, apreciando e compartilhando sua própria companhia.

 

 

 

Acredito ser um neologismo (palavra ou expressão nova) criado pelo autor Guimarães Rosa, onde faz-se uma fusão entre as palavras solidão + existência = solistência, Embora ele esteja só não se sente solitário, ele existe, vive consigo mesmo, apreciando e compartilhando sua própria companhia.


PodEntrar Timidez

NADLEO.PISCINA-111

Timidez

Vontade de agradar e medo de não conseguir, eis o mistério da timidez.
(Mendonça Tremont)


PodEntrar! CIDADE PIRASSUNUNGA

CIDADE PIRASSUNUNGA ©NADIAJUNG

© Todas as fotos incluídas neste site, estão sob a Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998. Uso da imagem somente com autorização do autora Nádia Jung

OBRIGADA,

Nádia.


PodEntrar M.E.L.A.N.C.O.L.I.A

Falar de melancolia é falar da dor humana e do sentido da vida.

Pesquiso melancolia faz… 34 anos mais ou menos. rs…

Para mim é uma questão filosófica, mais do que médica. Nao somos preparados para a vida, e cada um tem seu universo, pantanoso ou não.

Disturbio de comportamento é algo que não se fala, mas faz parte do nosso cérebro, emocional. Nós nao viemos aqui para o conforto, e isso é um ponto pacifico e ponto final. Melancolia é tempero. E do temperamento, cientificamente, tradicionamente falando…

Vejo que todos sabem cada vez menos, mas no século 21 é um valor da nossa existencia. É a maneira como nós nos relacionamos, mas a tristeza que ela vem e vai.

As vezes fico olhando para as pessoas no metro, e vejo tanto a tristeza.Das pessoas no metro, eu vejo um céu bucólico em cima das pessoas, e ali me vejo, nessa observancia, um pouco de cada… um, no seu cinzento. Infinita tristeza… sob a existencia que se encontra lá no metro.

Demócrito, é filosofo grego atomista, tudo é atomo, tudo vaga pelo universo, num vazio sem um projeto, e por um determinado momento se chocam, e que formam universos, e por isso, nao tem nenhuma providencia divina para essa estrutura de átomo… Ou seja, a vida não tem sentido. Para ele a melancolia esta no universo, e nao na pessoa, baseado nisso.

Eu diria que ter saúde é ser melancólico, e não o oposto que é “fazer parte da boiada“, como um medíocre que é mais adaptado.E desde quando ter saúde é ser a boiada? hum?

Se os homens nao tentassem mais o que suportam levariam a vida alegre…Por que todos homens que foram excepcionais foram melancolicamente ativos na vida.#pensar#

O que o melancólico sabe mais?me perguntava… Bem, é como se ele vivesse numa perspectiva, numa “fresta“ onde tudo é perceptível, a pobreza, a miséria… Isso sangra, mas nem sempre é um estado crônico, sabendo lidar com a sabedoria, como medicar-se estando nessa condição humana?

Encarar a melancolia de cara limpa, sabendo que essa é a forma de aliviar o peso da existência. Pois, a vida é bela é um fetiche da nossa era, saiba.


P0dEntrar Melhor parte do sexo é subir as escadas… A espera.

©j

“Alguém uma vez disse algo sobre um novo amor que muitas vezes volta para si ao longo dos anos por causa da retidão de sua observação: A melhor parte de um novo romance é a espera. Esperando o telefone tocar, a carta (ou e-mail) para chegar, para o momento em que ele finalmente dirá as palavras que você quer ouvir. O que é melhor do que esperar por ele para conhecê-lo…

Chegando ao ponto de um encontro mais cedo… e, teu coração batendo rápido, tu respirando superficialmente, teus olhos olhando sem parar para todos os lugares. Ele deve chegar a qualquer momento e  tu não quer perder isso. Tuas mãos estão nervosas, tu  sorri e nem pode parar agora, mesmo que tente. Não importa que é como a noite nada vai superar a magia desses momentos elétricos esperando por eles para chegar.

Como o francês ou o holandês tem um ditado que diz que a melhor parte do sexo é subir as escadas. Isso é a essência, a espera é tudo. Espera, antecipando, tua imaginação repleta de gloriosos `talvez`. A espera.


P0dEntrar As mã0s dizem…

JNG

“As mãos podem dizer-lhe a verdade sobre alguém. A maneira como eles aumentam ou diminuem, de modo muitas vezes inconsciente de sua tristeza ou graça, pode sinalizar derrota final ou o amor que se esconde atrás de uma cara séria ou um sorriso cínico“. 

©NADIA JUNG


PodEntrar: Beija Flor na minha mão!

beija flor

nnakjung


PodEntrar Achar

Nadia Jung

 

 

Parece que há um problema aqui.

Você tem certeza que está no lugar certo?

Talvez você se perdeu um pouco?

Talvez você esteja procurando por algo que não deveria achar?

De qualquer, procure pelo que você está interessado, não vai machucar.


Imagem

PodEntrar! – Do you ever have the time to wonder?

Do you ever have the time to wonder?


Imagem

PodEntrar “O que você procura está procurando você.” – Rumi

EDICOES-113


PodEntrar! Me

nadiajung

nadiajung

nadia jung

The past handful of months had felt like an slow emerge out of an ocean of head games, I had set myself to solve throughout the previous years. What began as a playful exploration of the mind evolved over the years into a lasting state of ever questioning and internal negotiation about what “I” was and how I could tune in with my environment. What the Fitzgerald!, these were and are potent questions and I was fortunate enough to encounter and rediscover companions, who were of great service to my reflective process, but the more I kept on insisting of asking, the more I seemed to be solely by myself. Being alone – being one with all. I didn’t get the grip. Many teachings from all over the places tend to encourage one not to give up on trying to solve these everyday contradictions. Especially enticed by western and eastern mystic traditions, I set out to live with the groups and individuals, who concern themselves with answers to the questions mentioned above.
And what a time I had. My habit of traveling and the hunger for novelty led me to experience, not only unknown regions of my mind, but also humans, who were living so differently from what I had previously known in my life that I started to get a taste of what I actually was looking for.#Julien#
Me from somewhere.


“Preso no século“ – Por Nádia Jung

Nadia Jung

…e preso no olhar! Essas casas sempre irão de existir!
Centrão da paulicéia desvairada!


Visto a pele das palavras!

“Nunca perdi o hábito de ler! Há fome em mim.
Abro o livro às cegas, as palavras parecem respirar sofregamente, como quando vimos à tona depois de um mergulho muito profundo, e escolho, sem verdadeiramente escolher, uma palavra.
E´ com essa palavra, que agora respira em mim, que eu me faço no mundo. sou uma atriz que veste a pele das palavras.“ Nádia.

Nadia Jung.